terça-feira, 11 fevereiro 2020 18:43

Pulmonale integra Movimento Doentes pela Vacinação

A Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão é o membro mais recente do Movimento Doentes pela Vacinação (MOVA), já com 11 entidades associadas. Com a integração da Pulmonale, o MOVA espera chegar a um dos principais grupos de alto risco – doentes com cancro do pulmão.

Published in Atualidade

Conscientes do papel fundamental da prevenção, e de que ainda são demasiados os casos não-vacinados entre os grupos de risco e alto risco (e de que ainda existe um elevado número de população de risco e alto risco não vacinada), a Liga Portuguesa Contra o Cancro, a Associação de Apoio aos Doentes com Insuficiência Cardíaca e Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação juntam-se agora ao MOVA – Movimento Doentes Pela Vacinação.

Published in Atualidade

As celebrações da Semana Europeia da Vacinação (24 a 30 de abril), este ano sob o tema "heróis da vacinação”, servem, mais uma vez, de mote para que o MOVA se dirija à população, aos profissionais de saúde e aos governantes, para os sensibilizar sobre a importância da vacinação.

Published in Atualidade

O simples ato de vacinação pode reduzir o risco de hospitalização por pneumonia em 73%, conclui um estudo recente. Também os custos ligados ao internamento – cerca de 218 mil euros diários – tenderão a diminuir significativamente.

Published in Atualidade

No âmbito do Dia Mundial da Pneumonia, que se assinala no próximo dia 12 de novembro, o MOVA – Movimento Doentes pela Vacinação vai organizar uma campanha de sensibilização, intitulada “Movimento pela Prevenção da Pneumonia”.

Published in Atualidade
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas