sexta-feira, 14 junho 2019 10:50

Rui Ivo nomeado presidente do Infarmed

O Governo nomeou ontem os novos elementos do conselho diretivo do Infarmed, passando o vice-presidente, Rui Ivo, a presidente da autoridade nacional do medicamento.

Published in Atualidade

Maria do Céu Machado vai proferir a sua Última Lição no próximo dia 4 de junho, pelas 11h30, no Grande Auditório João Lobo Antunes, do Edifício Egas Moniz, da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL).

Published in Atualidade

A regulamentação da lei do uso da canábis para fins medicinais, desde o cultivo até à dispensa dos medicamentos em farmácia, estará concluída até ao final do ano, garantiu o Infarmed.

Published in Atualidade

A presidente do Infarmed, Maria do Céu Machado, defende a utilização da canábis como medicamento, desde que em condições específicas e controladas e não através de auto cultivo.

Published in Atualidade

A presidente do Infarmed assumiu no parlamento que o anúncio da transferência da sede de Lisboa para o Porto está a perturbar a atividade habitual da entidade, da qual 20 funcionários pediram este mês para sair.

Published in Atualidade

A presidente do Infarmed confirma que o Governo já recusou na decisão de transferir aquela estrutura para o Porto, dizendo que é apenas uma intenção, e defende que o regulador vai perder milhões se a mudança se concretizar.

Published in Atualidade

Maria do Céu Machado foi ontem nomeada presidente da Autoridade do Medicamento (Infarmed), substituindo Henrique Luz Rodrigues, de acordo com o comunicado do Conselho de Ministros.

Published in Atualidade
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas