Displaying items by tag: Marta Temido

O Governo recebeu uma proposta para que a nova maternidade de Coimbra se localize no perímetro dos Hospitais da Universidade, avançou a ministra da Saúde, Marta Temido, salientando que todos os estudos técnicos apontam para esta solução.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, avançou ontem publicamente que vai “ter uma atitude mais forte” e ameaçou responsabilizar o Ministério da Saúde pela “insegurança clínica”.

Published in Atualidade

A ministra da Saúde assume que não deverá ser possível cumprir a meta do Governo de ter todos os portugueses com médico de família atribuído até ao final da legislatura.

Published in Atualidade

Diretores de departamento e de serviço do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) escreveram à ministra da Saúde a manifestar "profunda preocupação" com a não recondução do presidente da administração da instituição.

Published in Atualidade

A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu que serão contratados mais profissionais para as farmácias hospitalares, de forma a combater o défice existentes neste setor.

Published in Atualidade

A ministra da Saúde, Marta Temido, revelou que as reivindicações dos enfermeiros, caso fossem todas atendidas, custariam mais de 500 milhões de euros (ME) em efeitos remuneratórios.

Published in Atualidade

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse que uma “parte significativa” das quase oito mil cirurgias adiadas devido à greve dos enfermeiros já foi remarcada.

Published in Atualidade
quinta-feira, 10 janeiro 2019 10:38

Ministra: SNS 24 é a melhor alternativa às urgências

A ministra da Saúde, Marta Temido, considera que o serviço SNS 24 é a melhor alternativa ao recurso imediato às urgências hospitalares.

Published in Atualidade
Pág. 5 de 9
Um ano depois…
Editorial | Susete Simões
Um ano depois…

Corria o ano de 2020. A Primavera estava a desabrochar e os dias mais quentes e longos convidavam a passeios nos jardins e nos parques, a convívios e desportos ao ar livre. Mas quando ela, de facto, chegou, a vida estava em suspenso e tudo o que era básico e que tínhamos como garantido, tinha fugido. Vimos a Primavera através de vidros, os amigos e familiares pelos ecrãs. As ruas desertas, as mensagens nas varandas, as escolas e parques infantis silenciosos. Faz agora um ano.

Mais lidas