sexta-feira, 26 outubro 2018 16:43

AR chumba proibição de medicamentos para a PHDA

A Assembleia da República (AR) aprovou, hoje, uma resolução do PAN para a sensibilização de profissionais de saúde sobre Perturbação de Hiperatividade/Défice de Atenção (PHDA), mas rejeitou outras três relativas à proibição ou prevenção face a fármacos como ritalina.

Published in Atualidade

Mais de 500 toneladas de medicamentos foram apreendidas numa megaoperação que envolveu autoridades policiais, alfandegárias e de saúde de 116 países, incluindo Portugal.

Published in Atualidade

A Ordem dos Farmacêuticos está contra a redução do preço dos medicamentos, por considerar que esta medida poderá trazer mais situações penalizadoras.

Published in Atualidade

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, garantiu que não há falta de medicamentos na região autónoma, vincando que o executivo vai investir 70 milhões de euros nesta área.

Published in Atualidade

A autoridade do medicamento garantiu que não haverá faltas de medicação para a doença de Parkinson em Portugal. No entanto, apelou aos doentes e aos médicos para que tenham moderação na compra e na prescrição.

Published in Atualidade

A Câmara Municipal de Santa Cruz, na Madeira, anunciou a integração no Programa Abem, que permite o acesso a medicamentos gratuitos, abrangendo 218 agregados familiares do concelho e apoios num total de 50 mil euros.

Published in Atualidade

A cooperação portuguesa entregou ao Ministério da Saúde de São Tomé um lote de medicamentos e consumíveis no valor de 40 mil euros, indicou fonte oficial.

Published in Atualidade

O Infarmed lança, hoje, uma campanha institucional, com o apoio da RTP, que visa contribuir para a literacia dos cidadãos nas suas áreas de regulação de medicamentos, dispositivos médicos e cosméticos.

Published in Atualidade
Pág. 3 de 6
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas