O Núcleo de Estudos de Formação em Medicina Interna (NEForMI) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) vai realizar, de 12 a 14 de setembro, em Beja, a 10ª edição da Escola de Verão de Medicina Interna (EVERMI). Esta é uma iniciativa dirigida a internos da formação específica desta especialidade médica.

Published in Atualidade

O 25º Congresso Nacional de Medicina Interna organizou uma sessão centrada no tema da produção da Medicina Interna em Portugal. Luís Campos, internista com mais de 40 anos de experiência e membro da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, será o especialista responsável por presidir esta sessão.

Published in Atualidade

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna vai realizar o 25º Congresso Nacional de Medicina Interna de 23 a 26 de maio de 2019, no Centro de Congressos do Algarve, em Vilamoura.

Published in Atualidade

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) está a promover, até ao dia 15 de abril, a atribuição de três prémios para propinas de doutoramento e uma bolsa de investigação para especialistas e internos de Medicina Interna.

Published in Atualidade

O 24.º Congresso Nacional de Medicina Interna (MI) ficou marcado pela discussão de temáticas como o envolvimento do internista na gestão hospitalar, as inovações em saúde e a preocupação com a questão social.

Published in Atualidade

Jovens Médicos 1
O gabinete do ministro da Saúde informa, em comunicado, que, esta semana, mais de 3.500 médicos distribuídos por dezenas de unidades dos Cuidados de Saúde Primários e de Hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) iniciam a sua formação profissional .

Ainda de acordo com o documento, este grupo compreende 2.082 internos do ano comum que, após a conclusão do Mestrado Integrado em Medicina, iniciam uma prática clínica efetiva. Ao mesmo tempo 1.569 jovens médicos iniciam a sua formação específica no âmbito de mais de 40 especialidades.

Este ano as especialidades mais preenchidas foram a de Medicina Geral e Familiar, com 473 internos, seguida da Medicina Interna, com 201. "Correspondendo às necessidades prioritárias do país tendo em vista uma gestão estratégica de recursos humanos", lê-se na nota de imprensa.

"Este processo sinaliza a importância da aposta na formação médica com vista à criação de condições de recuperação sustentada do SNS, em termos de resposta e de qualidade assistencial diferenciada", advoga a tutela.

Published in Mundo

calendário

Data: De 30 a 31 de outubro

Local: Oásis Plaza Hotel, Figueira da Foz

A 22ª edição da reunião Nacional do Núcleo de Medicina Interna dos Hospitais Distritais (NMIHD), organizada pelo Serviço de Medicina do Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE, irá decorrer nos dias 30 e 31 de Outubro de 2015, no Oásis Plaza Hotel da Figueira da Foz.

Trata-se de uma reunião médica com particular importância para a Medicina Interna, o que muito se traduz pelo elevado número de participantes que a reunião tem vindo a captar. Abordam-se temas da atualidade científica e este ano o programa versa sobre o Pé Diabético, o Síndrome Mielodisplásica, a Nutrição, a Anti-coagulação oral e a Infeção Urinária no Idoso.

Sendo a formação médica uma preocupação constante deste Núcleo, prevê-se a realização de cursos pré-congresso e de um espaço destinado à apresentação de comunicações livres e posteres.

Mais informação em http://www.nmedicinainternahd.com/index.php?pagina=pgxxi

Published in Agenda (expirada)
quarta-feira, 12 agosto 2015 15:00

Concurso para recrutar 42 médicos nos Açores


O Governo dos Açores anunciou hoje a abertura de um concurso para recrutar 42 médicos, de várias especialidades, para os três hospitais e oito unidades de saúde no arquipélago, por ser “premente fazer face ao crescente número de aposentados”.

A autorização para abertura dos procedimentos de recrutamento no âmbito das entidades públicas empresariais no setor da Saúde foi hoje publicada no Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores e há agora um prazo de três meses para se realizar.

O executivo açoriano adiantou que a abertura das 42 vagas resultou do levantamento das necessidades efetuado junto dos serviços de saúde. Onze vagas destinam-se à categoria de medicina geral e familiar nas Unidades de Saúde de ilha de Santa Maria, São Miguel, Terceira, Faial, Pico, Corvo, São Jorge e Flores.

Quanto aos três hospitais açorianos, distribuídos pelas ilhas de São Miguel, Terceira e Faial, pretende-se recrutar especialistas de Ortopedia (três), Cardiologia (dois), Cirurgia Geral (dois), Medicina Interna (dois), Anestesiologia (dois), Nefrologia (dois), Patologia Clínica (dois), Pediatria (dois), Psiquiatria (dois), Radiologia (dois), Pneumologia (um), Infecto-contagiosas (um), Medicina Intensiva (um), Urologia (um), Otorrinolaringologia (um), Gastrenterologia (um), Estomatologia (um) e Cirurgia Vascular (um)

Sem prejuízo das restrições em vigor no país, o Governo dos Açores argumenta que “não se pode descurar que o número de médicos na categoria de assistente graduado sénior”, por ser “fundamental no âmbito do internato médico, para efeitos de reconhecimento da idoneidade formativa dos serviços e estabelecimentos”.

Para além disso, faz notar que a existência de um maior ou menor número de médicos detentores desta categoria “influencia decisivamente” o funcionamento dos serviços integrados no Serviço Regional de Saúde.

Published in Mundo
Pág. 1 de 2
2020: Linhas de provocação de uma nova década com novas obrigações para novos contextos
Editorial | Rui Nogueira
2020: Linhas de provocação de uma nova década com novas obrigações para novos contextos

Este ano está quase a terminar e uma nova década vai chegar. O habitual?! Veremos! Na saúde temos uma viragem em curso e tal como há 40 anos, quando foi fundado o Serviço Nacional de Saúde (SNS), há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções.

Mais lidas