O número de doentes isolados devido a uma bactéria multirresistente no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), em Penafiel, aumentou de 26 para 35.

Published in Atualidade

A Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), em Penafiel, garante que a situação de doentes em isolamento, por serem portadores ou terem sido infetados por uma bactéria multirresistente, está controlada.

Published in Atualidade

Alguns doentes do Hospital Padre Américo, em Penafiel, estão em isolamento por serem portadores ou terem sido infetados pela bactéria multirresistente “klebsiella pneumoniae carbapenemase” (KPC).

Published in Atualidade

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) vai abrir, em Penafiel, a primeira clínica do Serviço Nacional de Saúde (SNS) dedicada a doentes diabéticos e que sofrem de pé diabético.

Published in Atualidade

Os hospitais de Penafiel e Amarante vão ser reforçados com a contratação de 23 médicos de várias especialidades, avançou à agência Lusa fonte do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).

Published in Atualidade

Hospital_Penafiel

A deputada do PCP, Diana Ferreira, alertou ontem, após a visita aos hospitais de Penafiel e Amarante, para a necessidade de reforço dos quadros de anestesistas e enfermeiros no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, prometendo questionar o Governo.

"Há dificuldades e carências, transversais a todo o país, que residem muito na carência dos profissionais na área da saúde", afirmou. A parlamentar comunista, eleita pelo círculo eleitoral do Porto, defendeu que a contratação de mais profissionais naquelas áreas geográficas poderá melhorar a qualidade dos serviços de saúde prestados à população, salientando que, apesar das dificuldades identificadas, "são unidades recentes do ponto de vista do edificado, com uma boa resposta nos atendimentos aos utentes".

"A ideia que temos quando saímos daqui é que há uma dedicação muito grande dos profissionais de saúde destes hospitais para dar resposta às necessidades da população", comentou Diana Ferreira. Apesar de ter sido aberto concurso para a contratação de três médicos anestesistas, a deputada considera as medidas ainda insuficientes, tendo em conta as necessidades do centro hospitalar: "é um passo, mas não resolve o problema no concreto", declarou.

Quanto aos enfermeiros, a deputada recordou que se os horários dos profissionais forem alargados, ao abrigo dos contratos individuais de trabalho, há que reforçar os recursos humanos. O centro hospitalar conta atualmente com cerca de 550 enfermeiros, metade com contrato individual de trabalho, de acordo com a administração, que também alertou para a falta de pessoal auxiliar.

Em relação aos acessos ao hospital de Penafiel, a deputada referiu a necessidade de intervenção do Governo relativamente à questão do IC35, no estabelecimento de prioridades a nível de construção daquela infraestrutura rodoviária, reclamada há décadas, referindo também a importância de ser criada uma rede de transportes públicos para assegurar melhores ligações aos hospitais, sobretudo para os cidadãos residentes no interior do distrito do Porto mais carenciados.

Published in Atualidade
sexta-feira, 04 março 2016 11:24

Nova unidade de saúde privada em Penafiel

Penafiel

A Câmara de Penafiel celebrou ontem o protocolo com a empresa privada que se compromete a criar no concelho um hospital privado, negócio que vai gerar 100 postos de trabalho.

Trata-se de um investimento da Clínica Arrifana de Sousa, que já tem instalações na cidade. A nova unidade de saúde vai funcionar, a partir de setembro, nas antigas instalações do hospital da cidade, que são propriedade da Misericórdia de Penafiel.

Os promotores anunciam a disponibilização de três blocos operatórios, com equipamentos de última geração, e 10 quartos para internamento. Estima-se que este investimento, que não foi quantificado, seja traduzido na criação de 100 postos de trabalho, ao longo de dois anos.

Como contrapartida, a autarquia vai conceder benefícios fiscais ao operador privado.

A assinatura do protocolo realizou-se ontem, nos Paços do Concelho, no âmbito das comemorações dos 246 anos da elevação de Penafiel à categoria de cidade.

Published in Mundo
terça-feira, 29 setembro 2015 12:18

Especialistas alertam para saúde do coração

Coração doente
Especialistas das diversas áreas da saúde juntam-se para "Promover a Saúde do Coração", no âmbito da  segunda sessão dos Serões de Saúde nas Terras de “Pena Fiel”, que visa assinalar o Dia Mundial do Coração.

Os oradores convidados vão abordar questões como o perfil da doença cardíaca - em particular na população do Tâmega e Sousa -, o registo dos acessos mais frequentes na linha Sáude 24 e os hábitos e estilos de vida que comprometem o coração: tabaco, álcool e alimentação.

A iniciativa visa alertar sobre a necessidade de se fazerem “escolhas saudáveis” para o coração.

Sónia Marcelos, médica de Medicina Geral e Familiar e Coordenadora da USF Terras de Sousa, Orlando Ferreira, enfermeiro na linha Saúde 24, Raquel Pereira, coordenadora da consulta antitabágica do ACES Porto Ocidental, e Hugo Lopes, diretor executivo do agrupamento de Centros de Saúde Tâmega III - Vale do Sousa Norte e docente do Instituto Universitário de Ciências da Saúde são os preletores deste serão, moderado por Clarisse Magalhães, Diretora do Departamento de Ciências de Enfermagem e da Saúde da ESSVA.

Organizado pelo Departamento de Ciências de Enfermagem da Saúde da Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa (ESSVA), da CESPU,  a iniciativa realiza-se no IINFACTS - Instituto de Investigação e Formação Avançada em Ciências e Tecnologias da Saúde, em Penafiel, e é de entrada é grátis.

As inscrições podem ser efetuadas através de: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Published in Mundo
Pág. 1 de 2
Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo
Editorial | Jornal Médico
Redimensionar as listas de utentes e rever a Carreira Médica é um imperativo

A dimensão das listas de utentes e a Carreira Médica são duas áreas que vão exigir, nos próximos tempos, uma reflexão e ação por parte dos médicos de família.

Mais lidas