Displaying items by tag: Portugal

Portugal era, em 2017, o 10.º país da União Europeia (UE) com a taxa de mortalidade mais elevada por hepatite, segundo números hoje divulgados pelo Eurostat, a propósito do Dia Mundial de Combate à Hepatite.

Published in Atualidade

A ministra da Saúde afirmou hoje que permanece uma tendência decrescente de novos contágios de Covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo e que o rácio de transmissibilidade (RT) está em 0,94, com uma “evolução favorável”.

Published in Atualidade

O país regista hoje mais duas mortes e 135 novos casos de infeção por Covid-19 em relação a domingo, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Published in Atualidade

Portugal regista hoje mais sete mortes e 313 novos casos de infeção por Covid-19 em relação a quinta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade

A elevada carga de doença em Portugal é em “grande medida evitável” e está desigualmente distribuída, sendo necessário “maior investimento público” para melhorar a saúde e o apoio da população, defende um relatório sobre o “Estado da Nação”.

Published in Atualidade

Portugal regista hoje mais três mortes e 229 novos casos de infeção por Covid-19 em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade

Portugal realizou 1,48 milhões de testes à Covid-19, revelou hoje a secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia no país.

Published in Atualidade

Portugal regista hoje mais cinco mortes e 252 novos casos de infeção por Covid-19 em relação a terça-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). 

Published in Atualidade
Pág. 8 de 27
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.