Displaying items by tag: Sindicato Independente dos Médicos

O Sindicato Independente dos Médicos do Centro (SIM-Centro) alertou hoje que a progressiva "desqualificação" do Hospital dos Covões pode ser apenas um passo para uma redução da capacidade da saúde em Coimbra, em benefício de Lisboa e Porto.

Published in Atualidade

O presidente do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) diz que o pagamento extra para recuperar a atividade suspensa por causa da pandemia terá um efeito limitado, pois os médicos estão esgotados e a maioria já ultrapassou as 150 horas extraordinárias.

Published in Atualidade

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) manifestou preocupação com a possibilidade de a Urgência de Obstetrícia do Hospital Garcia da Orta (HGO), em Almada, encerrar durante a noite, por falta de médicos, e pede que sejam tomadas medidas.

Published in Atualidade

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) alerta que se não forem contratados mais profissionais de saúde “é impossível” os médicos retomarem toda a atividade e ao mesmo tempo darem assistência aos doentes infetados com Covid-19.

Published in Atualidade

Os centros de saúde da região de Lisboa de Vale do Tejo, onde se regista o maior número de casos de Covid-19, estão apenas a dar resposta às situações de doença aguda, segundo o Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

Published in Atualidade

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) considerou essencial a imposição de confinamento em 19 freguesias da Área Metropolitana de Lisboa, onde há um maior número de casos de Covid-19, mas lamentou que pague o “justo pelo pecador”.

Published in Atualidade

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) considerou hoje um “erro gravíssimo” o Governo tentar “adocicar” os números de casos Covid-19 e afirmar que não há um crescimento da pandemia em Lisboa e Vale do Tejo.

Published in Atualidade

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) considera uma opção “chocante” e “malévola”, que vai “contra o mais elementar bom senso”, obrigar médicos que são também doentes de risco a prestarem funções presenciais, por serem considerados trabalhadores essenciais.

Published in Atualidade
Pág. 2 de 10
Um ano depois…
Editorial | Susete Simões
Um ano depois…

Corria o ano de 2020. A Primavera estava a desabrochar e os dias mais quentes e longos convidavam a passeios nos jardins e nos parques, a convívios e desportos ao ar livre. Mas quando ela, de facto, chegou, a vida estava em suspenso e tudo o que era básico e que tínhamos como garantido, tinha fugido. Vimos a Primavera através de vidros, os amigos e familiares pelos ecrãs. As ruas desertas, as mensagens nas varandas, as escolas e parques infantis silenciosos. Faz agora um ano.

Mais lidas