Assinala-se hoje, dia 14 de fevereiro, o Dia Nacional do Doente Coronário. Em comunicado, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) vem reforçar a importância de controlar fatores de risco, com destaque para a abstinência total do hábito de fumar como “a única medida garantidamente eficaz para combater as doenças do coração”.

Published in Atualidade

Os resultados da segunda edição do estudo Atlas da Sociedade Europeia de Cardiologia (SEC) foram apresentados ontem na sede da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), em Lisboa. No panorama cardiológico, Portugal tem como grande desafio o “impacto do acidente vascular cerebral na mortalidade, anos de vida perdidos ajustados por incapacidade, anos de vida vividos com incapacidade e anos de vida perdidos”, onde os resultados são “claramente insatisfatórios”. A análise resulta da comparação com 51 países, incluindo todos os da Europa e alguns de África do Norte, Golfo Pérsico e antiga União Soviética.

Published in Atualidade

Segundo os dados de um estudo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, em Portugal, 55% da população com idades compreendidas entre os 18 e os 79 anos apresenta dois ou mais fatores de risco de doença cardiovascular, sobretudo excesso de peso ou obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado, hábitos tabágicos e diabetes.

Published in Atualidade

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) defende uma resposta organizada para a insuficiência cardíaca (IC), doença que atinge meio milhão de portugueses, bem como a criação de uma rede nacional semelhante à que já existe para doenças crónicas como a diabetes.

Published in Atualidade

No Dia Internacional da Mulher, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) junta-se ao movimento Go Red for Women, promovido pela American Heart Association e lança a campanha: “Sabe os seus números?”.

Published in Atualidade

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) defende que o facto de perto de meio milhão de portugueses sofrer de insuficiência cardíaca deve passar a ser uma prioridade nacional.

Published in Atualidade

As colaborações não formais já tinham feito correr muitas páginas do calendário até que, a 13 de abril, a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) assinaram um protocolo de cooperação, com o objetivo de realizar ações de prevenção, tratamento e controlo da doença cardiovascular (DCV) na população diabética. Estima-se que as pessoas com diabetes tenham duas vezes maior risco de sofrer de DCV comparativamente à população em geral. O objetivo é comum: alertar para o desafio que é tratar o “coração da diabetes”. O Jornal Médico promoveu uma conversa a três, com o presidente da APDP, José Manuel Boavida, e o presidente da SPC, João Morais, onde ambos destacaram o (muito) trabalho preventivo que urge implementar e até dos “fogachos” em Saúde que, não raras vezes, ocupam a agenda mediática.

Published in Entrevistas

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia revelou que cerca de 50 portugueses recebem todos os anos, em média, um novo coração, sendo que o número de transplantes cardíacos é “muito inferior às necessidades”.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 3
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas