A relação entre a obesidade e o cancro da próstata, bem como a prevenção e tratamento desta doença, serão objeto de estudo num projeto que será desenvolvido pela Universidade da Beira Interior (UBI).

Published in Atualidade

A Universidade da Beira Interior (UBI), Covilhã, anunciou ontem que conquistou um financiamento de 1,2 milhões de euros para desenvolver um projeto centrado na identificação de fatores de risco em doenças como Parkinson, Alzheimer e Acidentes Vasculares Cerebrais.

Published in Atualidade

A Universidade da Beira Interior (UBI), sediada na Covilhã, vai passar a dispor de uma Unidade de Farmacovigilância que pretende contribuir para aumentar a segurança na utilização de medicamentos e que dará resposta a toda a região.

Published in Atualidade

investigação 4
Uma investigação pioneira em Portugal, realizada na Universidade da Beira Interior, Covilhã, permitiu identificar algumas das causas de uma doença hormonal rara que provoca infertilidade e poderá ter "aplicações médicas importantes", disse à agência Lusa a investigadora, Catarina Gonçalves.

"Estamos a falar do hipogonadismo hipogonadotrófico idiopático e este estudo baseou-se na análise de 50 casos congénitos, tendo permitido concluir que em 60% dessas situações - ou seja, de pessoas que já nasceram com a doença - a patologia teve origem em alterações genéticas", explicou.

Catarina Gonçalves referiu que foi possível identificar mutações genéticas em causa, 18 das quais são novas e não descritas a nível mundial.

Segundo destacou, estas conclusões são "extremamente importantes", não só porque "não existia em Portugal uma investigação desta dimensão" relativamente à doença, mas essencialmente porque poderão dar origem a "aplicações médicas importantes".

"A partir do momento em que identificamos a mutação genética, podemos passar para o desenvolvimento da técnica de tratamento adequada e, naturalmente, fazer um aconselhamento genético", fundamentou, garantindo que esse trabalho será agora feito "caso a caso".

Noutra vertente, o estudo permitiu ainda verificar que algumas das mutações genéticas identificada podem interferir com o desenvolvimento dos neurónios que compõem o sistema olfativo, motivo pelo qual há doentes que possuem anósmia/hipósmia, isto é, ausência ou diminuição da capacidade para cheirar determinadas substâncias.

A investigação decorreu no Centro de Investigação de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (CICS-UBI) e foi realizada ao longo dos últimos quatro anos, contando com a colaboração de várias unidades hospitalares de endocrinologia de Lisboa, Porto, Coimbra e Braga.

Do trabalho resultou ainda a tese de doutoramento em Biomedicina, intitulada "Genética molecular do hipogonadismo hipogonadotrófico idiopático", cuja defesa foi realizada por Catarina Gonçalves no dia 1 de fevereiro, tendo obtido a classificação de 19 valores.

De acordo com os dados internacionais, o hipogonadismo hipogonadotrófico idiopático é uma doença rara que nas situações congénitas se verifica em cerca de um a dez casos por cada dez mil nascimentos e que afeta homens e mulheres, tendo, todavia, maior incidência no sexo masculino.

Lusa

Published in Mundo

centro hospitalar de leiria
O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) e a Universidade da Beira Interior (UBI) formalizaram recentemente um protocolo de cooperação nas áreas da informação, investigação e da extensão universitária.

"O CHL tem vindo a apostar cada vez mais na investigação científica e médica. A nova cooperação institucional com a UBI, ao nível da informação e da investigação em várias áreas específicas, será certamente profícua para ambas as partes", salientou o  presidente do Conselho de Administração do CHL, Helder Roque, através de um comunicado enviado à nossa redação.

De acordo com a nota de imprensa, o acordo preconiza a realização de estudos e projetos de investigação, a organização conjunta de seminários, conferências, colóquios e aulas abertas sobre temáticas de interesse para as duas instituições, bem como a disponibilização de especialistas para esses eventos ou outro tipo de atividades de interesse comum.

Com o objetivo de aproveitar sinergias, o protocolo estabelece ainda o intercâmbio de informações estatísticas e de outros âmbitos.

"O CHL facultará, em cada ano letivo e sempre que possível, estágio a finalistas dos cursos ministrados pela UBI, o que proporcionará a inserção de recém-licenciados no mercado de trabalho, e, por outro lado, promoverá o contacto com novos conhecimentos e métodos de gestão", lê-se ainda no documento.

No âmbito dos estágios curriculares, "ao CHL compete nomear um orientador profissional para cada estudante, com a função de distribuir o trabalho considerado relevante para a sua atividade. Já a UBI é responsável por nomear um orientador pedagógico para o mesmo estudante, que deve acompanhar a aplicação dos conhecimentos adquiridos na universidade. No final do estágio, o estudante deve entregar um relatório para avaliação das duas entidades".

A UBI pode ainda publicar a descrição geral de cada projeto realizado nas revistas da especialidade, com a revisão prévia do CHL, e todas as publicações serão efetuadas em comum.

Published in Mundo
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas