Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) desenvolveram um método que permite medir “com grande precisão” impulsos laser ultra intensos e que pode ser útil no tratamento do cancro, foi hoje anunciado.

Published in Atualidade

O presidente da Sociedade Europeia de Endoscopia Gastrointestinal, Mário Dinis-Ribeiro, admite que o adiamento num largo número de endoscopias e colonoscopias, em consequência da Covid-19, poderá prejudicar o rastreio e a vigilância de alguns dos cancros mais frequentes na população portuguesa.

Published in Atualidade

Estão abertas, até dia 22 de maio, as candidaturas para as Bolsas de Investigação Médica, na área do Cancro Infantil, lançadas pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), em conjunto com os Lions Portugal.

Published in Atualidade

Um inquérito levado a cabo a nível nacional revela que 86% dos inquiridos refere o cancro como a doença que maior preocupação ou atenção merece. No contexto oncológico, os tumores mais temidos pelos portugueses são os do pulmão (25%) e os da mama (21%).

Published in Atualidade

No Congresso “Cancro: da Medicina Personalizada à Medicina de Precisão”, da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), a decorrer nos dias 22 e 23 de novembro, em Coimbra, irão ser discutidos temas enquadrados na temática da medicina de precisão.

Published in Atualidade

Investigadores do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) da Universidade do Algarve (UAlg) participaram na descoberta de uma proteína que pode levar ao desenvolvimento de novos tratamentos contra diversos tipos de tumores.

Published in Atualidade

Cientistas estimam que 1,4 milhões de pessoas da União Europeia vão morrer de cancro em 2019, o que representa um aumento de 4,8% face a 2014, segundo um estudo hoje divulgado.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 17
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas