A ABIO – Associação para o Estudo do Biodireito vai promover, no próximo dia 27 de junho, em Lisboa, a conferência “Clonagem e Edição Genómica”.

Published in Atualidade

Investigação 5

Investigadores conseguiram, pela primeira vez, nos Estados Unidos, clonar células estaminais embrionárias humanas a partir de células adultas, um avanço na medicina regenerativa que pode abrir portas ao tratamento de doenças incuráveis, noticiou a agência AFP.

Os cientistas usaram a técnica utilizada pelo investigador Shoukhrat Mitalipov, o primeiro a criar, em 2013, células estaminais embrionárias humanas a partir de células da pele, recorrendo à clonagem. Contudo, neste caso anterior, o processo foi feito com o ADN (material genético) de um bebé com 8 meses.

A nova experiência, cujos resultados foram publicados na última quinta-feira na edição digital da revista Cell Stem Cell, foi realizada na Califórnia com as células de dois homens, de 35 e 75 anos.

As células estaminais embrionárias são as únicas capazes de se diferenciar em todos os tipos de células e de se multiplicar.

As células estaminais embrionárias clonadas – criadas através da junção de uma célula da pele adulta com uma célula de um ovócito "despida" do seu material genético – eram geneticamente idênticas às dos dadores.

A esperança da equipa de investigadores, liderada por Robert Lanza, responsável científico da empresa de biotecnologia Advanced Cell Technology, é que as células estaminais embrionárias humanas clonadas possam ser usadas na regeneração de órgãos danificados por doenças como o cancro ou a Alzheimer.

Published in Mundo
Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos
Editorial | Jornal Médico
Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos

Reler as origens do Serviço Nacional de Saúde ajuda a valorizar o presente e pode ser uma forma de aprender para investir no futuro com melhor fundamentação

Mais lidas