É inquestionável que o mundo mudou muito nos últimos anos.

As populações por todo o planeta – salvo os casos dos países mais pobres e bem identificados, infelizmente – vão conhecendo evolução positiva em muitos indicadores de saúde, designadamente em termos de sobrevivência e de assistência aos doentes e às doenças.

Published in Opinião

Em boa verdade o processo evolutivo seguido nos cuidados de saúde primários (CSP) foi muito centrado em volta dos padrões e modelos organizativos.

Published in Opinião
sexta-feira, 18 janeiro 2019 16:46

Desculpem, mas eu li! Vale a pena pensar ético?

Nenhum médico contestará que, perante a ineficácia comprovada de um fármaco, a opção pela sua continuidade não induzirá qualquer benefício clínico. Como também todos concordarão que, face a efeitos secundários ou adversos, se pondere a sua rápida descontinuação. E talvez todos concordemos ainda que, em cenário de doentes polimedicados e eventualmente idosos, se avalie da necessidade da indicação e da prescrição.

Published in Opinião
segunda-feira, 07 janeiro 2019 16:08

Desculpem, mas eu li! Mudar para um tempo que aí vem

A proporção de população idosa continua a aumentar progressivamente e as projecções para a Europa em geral, e para Portugal em particular, para 2050, são assustadoras.

Published in Opinião

Mais de 150 mil crianças e adolescentes portugueses não têm médico de família atribuído, mesmo depois de ter entrado em vigor uma legislação que estabelece que nenhuma criança deve ficar privada de médico de família.

Published in Atualidade

Por diversas vezes e a respeito de oportunidades ou propósitos multidisciplinares, tenho sublinhado, com convicção, a importância do trabalho dos farmacêuticos, designadamente no Serviço Nacional de Saúde (SNS). E também, salientado o facto de a rede nacional de farmácias ser, em Portugal, a linha da frente na proximidade de cuidados às populações.

Published in Opinião

Acaba de ser inaugurada, em Rio Maior, nas instalações do centro de saúde local, a USF Villa Romana. A nova unidade de saúde familiar (USF) é composta por uma equipa de quatro médicos de família (MF), cinco enfermeiros e dois secretários clínicos e vai abranger uma população total de 7.196 utentes, dos quais 3.563, até à data, sem MF atribuído.

Published in Atualidade

Assiste-se a um crescendo de enquadramento para a avaliação e monitorização da prática médica.

Published in Opinião
Pág. 2 de 10
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas