Angola registou 7.356 mortes por malária em 2018, uma quebra de quase metade face ao ano anterior. Contudo, a doença continua a ser a principal causa de morte no país.

Published in Atualidade

O número de casos de ébola nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, lesta da República Democrática do Congo (RDCongo), subiu para 458 pessoas infetadas e 271 mortos, indica a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Published in Atualidade
segunda-feira, 22 outubro 2018 10:53

Ébola: Número de mortes na RDCongo aumenta para 152

O número de mortos provocados por ébola na província de Nord-Kivu, leste da República Democrática do Congo (RDCongo), aumentou para 152, de acordo com últimos dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Published in Atualidade
sexta-feira, 14 setembro 2018 16:15

Ébola: Número de mortes na RDCongo sobe para 92

O número de mortes por Ébola na República Democrática do Congo (RDCongo) subiu para 92, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), que registou 137 casos de contágio.

Published in Atualidade
sexta-feira, 07 setembro 2018 16:21

Ébola: Epidemia na RDCongo já causou 88 mortes

A epidemia de Ébola no leste da República Democrática do Congo (RDCongo) já causou 88 mortes, duas das quais registadas pela primeira vez em Butembo.

Published in Atualidade

As autoridades de saúde da República Democrática do Congo (RDCongo) estimam que, até agora, a febre hemorrágica do Ébola tenha causado 59 mortes, confirmando que 32 destas foram consequência direta do vírus.

Published in Atualidade
segunda-feira, 20 agosto 2018 10:02

Ébola: Número de mortes sobe para 20 na RDCongo

O número de mortes por Ébola na República Democrática do Congo (RDCongo) subiu para 20, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Saúde do país.

Published in Atualidade

O novo surto de Ébola no leste da República Democrática do Congo (RDCongo) causou, até agora, dez vítimas mortais.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos
Editorial | Jornal Médico
Serviço Nacional de Saúde – 40 Anos

Reler as origens do Serviço Nacional de Saúde ajuda a valorizar o presente e pode ser uma forma de aprender para investir no futuro com melhor fundamentação

Mais lidas