A Organização Mundial da Saúde afirmou sexta feira que não se pode esperar pelo aparecimento de uma vacina para conter a pandemia da Covid-19, admitindo que o número de mortos poderá duplicar durante o próximo ano e atingir dois milhões.

Published in Atualidade

Mais de um milhão de mortes provocadas pelo novo coronavírus foram registadas em todo o mundo desde sua deteção na China, de acordo com uma contagem da Agência France-Presse, a partir de fontes oficiais.

Published in Atualidade

Cerca de 20% das mortes por doenças cardiovasculares são causadas pelo tabaco, segundo um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) ontem divulgado, que aponta que, por ano, morrem cerca de 1.9 milhões pessoas por este motivo.

Published in Atualidade

A Organização Mundial da Saúde (OMS) espera um aumento no número de mortes por Covid-19 na Europa durante os meses de outubro e novembro, que serão “mais duros” por causa da pandemia, revelou o diretor regional da organização para a Europa.

Published in Atualidade
Mais de sete mil profissionais de saúde já morreram em todo o mundo após terem sido infetados com covid-19, o que revela “uma crise a uma escala impressionante”, concluiu uma nova investigação da Amnistia Internacional.
Published in Atualidade

Portugal registou, entre 16 de março e 14 de abril, um “excesso de mortalidade”. A informação é apresentada pelo Barómetro Covid-19 que mostra que, comparada com a mortalidade média diária dos últimos dez anos, houve mais 1.255 óbitos do que seria espectável.

Published in Atualidade

Angola registou 7.356 mortes por malária em 2018, uma quebra de quase metade face ao ano anterior. Contudo, a doença continua a ser a principal causa de morte no país.

Published in Atualidade

O número de casos de ébola nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, lesta da República Democrática do Congo (RDCongo), subiu para 458 pessoas infetadas e 271 mortos, indica a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas