No âmbito do Dia Nacional do Farmacêutico, que se assinala amanhã dia 26 de setembro, “os farmacêuticos assumem o compromisso de promover o aumento da cobertura vacinal, em especial junto dos grupos de risco”.

Published in Atualidade

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu 15 mil milhões de dólares para manter em funcionamento o seu plano de em 2021 ter dois mil milhões de doses de uma vacina para a Covid-19 que ainda não existe.

Published in Atualidade
segunda-feira, 14 setembro 2020 10:52

Covid-19: Oxford retoma testes da sua vacina

A Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca retomaram os ensaios clínicos da vacina contra a covid-19, após terem sido interrompidos depois de um voluntário do Reino Unido ter sofrido uma reação adversa, anunciou a farmacêutica.

Published in Atualidade

Cerca de metade dos portugueses confia na eficácia e segurança das vacinas, um número relativamente baixo quando comparado com o verificado em outros países europeus.

Published in Atualidade
A Organização Mundial da Saúde (OMS) precisa de aproximadamente 30 mil milhões de euros para os seus programas de desenvolvimento e distribuição de vacinas, tratamentos e diagnósticos contra a Covid-19, alertou o secretário-geral da ONU, António Guterres, adiantando que “em quatro meses, ainda só conseguiu arrecadar cerca de 2.500 milhões de euros”.
Published in Atualidade
O presidente da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) assegura que nenhuma das vacinas para a covid-19 poderá ser disponibilizada sem ter sido sujeita a uma avaliação de segurança e eficácia.
Published in Atualidade
Pág. 1 de 4
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas