A vacina contra a meningite B será administrada de forma gratuita a partir do próximo ano a todas as crianças durante o primeiro ano de vida, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade

A vacina da meningite B para todas as crianças e a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV) para rapazes vão integrar o Programa Nacional de Vacinação (PNV) a partir de outubro do próximo ano.

Published in Atualidade

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) já administrou mais de 430 mil doses de vacina contra a gripe, um número acima do registado na mesma altura no ano passado.

Published in Atualidade

“Não se pode prever o adivinhar quando chega a gripe”, afirmou o presidente do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), Fernando Almeida, dizendo aos jornalistas da Lusa que apenas tem a certeza “de que vai acontecer”.

Published in Atualidade

As celebrações da Semana Europeia da Vacinação (24 a 30 de abril), este ano sob o tema "heróis da vacinação”, servem, mais uma vez, de mote para que o MOVA se dirija à população, aos profissionais de saúde e aos governantes, para os sensibilizar sobre a importância da vacinação.

Published in Atualidade
quinta-feira, 20 dezembro 2018 12:58

Ébola: OMS doa mais de três mil vacinas ao Uganda

A Organização Mundial de Saúde (OMS) doou mais de três mil doses de vacinas contra o vírus do ébola ao Uganda para imunizar os profissionais de saúde contra a doença, avançou a agência noticiosa chinesa Xinhua.

Published in Atualidade

A cobertura vacinal do sarampo diminuiu em 12 dos 28 estados-membros da União Europeia (UE) desde 2010, concluiu um estudo da Comissão Europeia.

Published in Atualidade

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior percentagem de população a confiar nas vacinas, considerando-as seguras, efetivas e importantes para as crianças.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 2
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas