Investigadores do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) desenvolveram um algoritmo que, ao recorrer a um dispositivo médico designado nariz eletrónico, pretende auxiliar no "diagnóstico e monitorização" de doentes com sintomas de asma.

Published in Atualidade
terça-feira, 04 dezembro 2018 10:19

Investigadores portugueses melhoram triagem da asma

Uma equipa de investigadores do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde anunciou hoje ter criado uma ferramenta para identificar a asma, que usa “um simples sistema de pontuações”.

Published in Atualidade

Published in Terapêutica

Um estudo desenvolvido pelo Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) aponta para a necessidade de cuidados integrados para asmáticos nos centros de saúde, de forma a controlar as crises agudas.

Published in Atualidade

A propósito do Dia Mundial da Asma, efeméride que se assinala no próximo dia 1 de maio, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) destaca a importância do controlo da doença para melhorar a qualidade de vida dos asmáticos.

Published in Atualidade
quarta-feira, 06 dezembro 2017 11:41

Controlo da asma poderia poupar 184 milhões de euros

Controlar a asma dos portugueses permitiria uma poupança de cerca de 184 milhões de euros por ano em Portugal, como revelam os resultados dos estudos divulgados hoje pelo Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde - CINTESIS.

Published in Atualidade
domingo, 17 setembro 2017 15:02

SPAIC organiza workshops sobre asma

Published in Terapêutica
quinta-feira, 06 abril 2017 10:35

SPAIC promove workshops sobre asma

A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) está a organizar, no âmbito da campanha “Vencer a Asma”, um workshop destinado a profissionais de saúde sobre a Asma em sete cidades portuguesas.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 3
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.