Displaying items by tag: FNAM

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirmou hoje à Agência Lusa que acredita num entendimento entre os médicos e o Ministério da Saúde, apelando ao ministro para que “chegue a um entendimento” com os sindicatos.

Published in Atualidade

Os sindicatos médicos classificaram como “perda de tempo” a reunião com o Governo, que levou à convocação de greves em outubro e novembro, mas acreditam numa solução que impeça as paralisações.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou este sábado que seria “excelente” chegar a um acordo com os médicos, mas assinalou que “as greves fazem parte da vida democrática”.

Published in Atualidade
quinta-feira, 21 setembro 2017 09:57

Governo e médicos "perto de acordo"

O ministro da Saúde, Campos Fernandes, afirmou ontem, em Bruxelas, estar “muito mais perto” de um acordo com os médicos, garantindo que duas das reivindicações destes profissionais estão “praticamente” atendidas.

Published in Atualidade

Greves rotativas pelo país, uma paralisação nacional e uma concentração em Lisboa são algumas das formas de luta que os médicos ponderam para a segunda semana de outubro, revelou à Agência Lusa fonte da Federação Nacional de Médicos (FNAM).

Published in Atualidade

Os sindicatos médicos reafirmaram a intenção de fazer uma nova greve nacional após as eleições autárquicas, caso o Ministério das Saúde se mantenha sem apresentar contrapropostas às reivindicações sindicais.

Published in Atualidade

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) garante que os especialistas saíram com “uma mão cheia de nada” da reunião com o Governo, agendada para a passada sexta feira, onde foram discutidas as reivindicações que se arrastam há cerca de um ano e meio, sendo objetivo da mesma que o executivo apresentasse uma contraposta negocial. Sob ameaça de greve, aquela entidade sindical acusa o Governo de não deixar outra alternativa à classe médica.

Published in Atualidade

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) consideram necessária a contratação de 300 médicos de família, que dariam assistência a 570 mil utentes e pediram aos presidentes das câmaras dos distritos da zona centro para que sensibilizem o Ministério da Saúde.

Published in Atualidade
Pág. 10 de 15
O (Des)alento da Medicina Geral e Familiar no Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Joana Torres
O (Des)alento da Medicina Geral e Familiar no Serviço Nacional de Saúde

A atual pressão que se coloca nos Cuidados de Saúde Primários (CSP) em Portugal é um presente envenenado para os seus utentes e profissionais de saúde.