Portugal, que tem o primeiro centro de tratamento de acidente vascular cerebral (AVC) certificado na Europa e profissionais bem preparados, falha, de acordo com o presidente da Sociedade Portuguesa de Acidente Vascular Cerebral (SPAVC), José Castro Lopes, na prevenção e na reabilitação. Por um lado, a população continua a não estar devidamente informada acerca dos fatores de risco e sintomas, e, por outro, o acesso a especialistas de Fisiatria é insuficiente. O Dia Nacional do Doente com AVC assinalou-se a 31 de março, e esta continua a ser a principal causa de morte e de incapacidade permanente em Portugal. A cada hora, três portugueses são vítimas de AVC: destes, um não sobrevive e outro fica com sequelas incapacitantes.

Published in Entrevistas
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas