Displaying items by tag: Primeiro ministro

António Costa afirmou que mantém “total confiança política” no ministro Vieira da Silva, considerando que o facto de ter sido vice-presidente da assembleia-geral da Raríssimas não polui “de alguma forma” a sua excelente atividade governativa.

Published in Atualidade

O dossier de candidatura do Porto à Agência Europeia do Medicamento (EMA) dizia que o Infarmed podia colaborar alocando recursos para aquela cidade e que para isso o Governo português investiria 4,8 milhões de euros.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro, António Costa, assegurou no sábado a técnicos de saúde que se manifestavam no Porto que ia “falar com o ministro da Saúde e das Finanças” sobre as reivindicações dos profissionais em greve desde quinta-feira, por tempo indeterminado.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou este sábado que seria “excelente” chegar a um acordo com os médicos, mas assinalou que “as greves fazem parte da vida democrática”.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro, António Costa, assegurou ontem que o Governo irá prosseguir as negociações com os profissionais de saúde, de acordo com o calendário previsto, até ser alcançado "um acordo justo, razoável e sustentável", no primeiro dia de uma greve nacional dos médicos.

Published in Atualidade

Os sindicatos dos médicos apelaram ontem a uma “intervenção política” do primeiro-ministro que permita desbloquear as negociações com o Ministério da Saúde e afirmaram-se disponíveis para voltar ao diálogo no dia seguinte ao fim da greve.

Published in Atualidade
Pág. 2 de 2
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.