A criação do Grupo de Trabalho para a Insuficiência Cardíaca (GTIC) surge através de uma abordagem integrada e de proximidade do Serviço Nacional de Saúde à doença crónica, como a doença cardiovascular. Para que isso aconteça é fundamental dotar o SNS de capacidade de resposta. Segundo o Despacho n.º 4583/2018, “é neste âmbito que assume particular relevância a garantia de uma abordagem transversal da saúde dos cidadãos nas suas diferentes dimensões: prevenção da doença, diagnóstico precoce, tratamento adequado e a relevante dimensão da reabilitação”. 

Published in Entrevistas
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas