O Jornal Médico falou com o cardiologista de intervenção do Hospital Lusíadas Lisboa, Eduardo Infante de Oliveira, sobre a utilização pela primeira vez em Portugal, de um dispositivo de última geração no encerramento percutâneo do apêndice auricular esquerdo. Este procedimento permite proteger os doentes com fibrilhação auricular que não podem recorrer a medicamentos anticoagulantes.

A fibrilhação auricular é a arritmia crónica mais frequente e estima-se que afete cerca de 200 mil pessoas em Portugal.

Published in Entrevistas

Doença Venosa

Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança
Editorial | Jornal Médico
Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança

O futuro tem hoje 5 dias! Inacreditável! Quem é que tem agenda para mais de 5 dias? A pandemia COVID-19 alterou profundamente a vida quotidiana, a prestação de cuidados de saúde e a organização dos serviços de saúde está totalmente alterada. O isolamento social é a orientação primordial de confrontação da pandemia. Mas é necessário promover o apoio de proximidade essencial e aprender a fazê-lo em segurança.

Mais lidas