Indiferenciação e precaridade motivam luta dos médicos

07 Abr 2017

O movimento MiN (Médicos indiferenciados, Não!) entrega esta sexta-feira, data em que se assinala o Dia Mundial da Saúde, uma petição na Assembleia da República contra “a criação de médicos sem especialidade e a precarização na saúde”, que já conta com mais de 4.000 assinaturas.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo