Displaying items by tag: Miguel Peres Correia

Qual o impacto da pandemia por Covid-19 no tratamento das doenças do foro dermatológico? Em entrevista exclusiva ao Jornal Médico, o presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), Miguel Peres Correia, responde: “A consequência é evidente: cancros de pele que ficaram por diagnosticar e tratar, doenças inflamatórias que agudizaram carecendo de tratamento mais agressivo, entre outras situações”.
Published in Entrevistas

A dermatite atópica (DA) representa um custo anual de 1.018 milhões de euros, dois terços dos quais suportados pelos doentes, que recorrem maioritariamente aos serviços de saúde privados devido aos tempos de espera no Serviço Nacional de Saúde (SNS), revela um estudo divulgado hoje, no âmbito do Dia Mundial da Dermatite Atópica.

Published in Atualidade

Pela pessoa do presidente da SPDV, Miguel Peres Correia, um balanço sobre o XIX Congresso Nacional de Dermatologia e Venereologia, onde durante três dias de trabalho foram partilhadas experiências e debatidos os últimos avanços tecnológicos e farmacológicos associados à especialidade.

Published in Atualidade

Na véspera do arranque da Reunião da Primavera 2019 da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), o dermatologista e presidente da SPDV, Miguel Peres Correia, dá as boas-vindas aos cerca de 200 participantes e afirma-se seguro de que o programa científico vai ser enriquecedor, permitindo atualizar e melhorar a prática clínica. Uma menção especial à adesão esperada: “A presença em número elevado de dermatologistas é marca da força da nossa especialidade”, diz o dermatologista.

Published in Entrevistas
sexta-feira, 07 dezembro 2018 09:54

Miguel Peres Correia é o novo presidente da SPDV

A Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) acaba de eleger António Miguel Peres Correia como presidente. O anúncio foi feito na segunda noite do XVII Congresso da SPDV, que decorreu no passado fim de semana, no Hotel Marriott Lisboa.

Published in Atualidade
Tagged under
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.