Primeira UCCI de saúde mental do país já abriu no Porto
DATA
02/01/2015 15:36:35
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Primeira UCCI de saúde mental do país já abriu no Porto

conde ferreira

Os cuidados continuados integrados de saúde mental estão finalmente a arrancar no terreno. O primeiro passo foi dado no Norte, no passado mês de Dezembro, com a reconversão da unidade de cuidados de longa duração do Hospital Conde de Ferreira, no Porto, numa unidade de cuidados continuados e integrados (UCCI) de saúde mental.

"É a primeira unidade do país com esta tipologia. Tem cerca de 25 camas e já começou a receber doentes de vários serviços psiquiátricos da região", adiantou ao JN o vice-presidente do conselho directivo da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, Rui Cernadas.

Está ainda em cima da mesa um segundo projecto nesta área, que passa pelo aproveitamento para a saúde mental de uma unidade em Melgaço, com cerca de 30 camas, criada para integrar os cuidados continuados, mas que nunca chegou a fazer parte da rede.

No início de Dezembro, o secretário de estado adjunto do ministro da saúde, Fernando Leal da Costa, garantiu que os cuidados continuados de saúde mental vão dar passos significativos este ano. O governante falava a propósito da apresentação do relatório Portugal - Saúde Mental em números 2014, que revelou um aumento da prevalência total das perturbações mentais, com um em cada cinco portugueses a sofrer de problemas psiquiátricos.

A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Joana Romeira Torres
A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
A Organização Mundial de Saúde alude que os Cuidados de Saúde Primários (CSP) são cruciais para a obtenção de promoção da saúde a nível global. Neste sentido, a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) tem estabelecido estratégias que têm permitido marcar posição dos mesmos na comunidade médica geral.

Mais lidas