Entidades assinam protocolo de colaboração para travar DPOC na Figueira da Foz
DATA
21/07/2015 17:00:37
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Entidades assinam protocolo de colaboração para travar DPOC na Figueira da Foz

dpoc
No âmbito do programa “Boas Práticas de Governação Clínica”, promovido pela Novartis em parceria com a Universidade Nova de Lisboa, foi desenvolvido o projeto “Figueira Respira” que tem como objetivo alterar o panorama da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) na Figueira da Foz.

A assinatura do protocolo de colaboração entre as entidades envolvidas nesta iniciativa está agendada para dia 22 de julho, no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz. A cerimónia contará com a presença de João Ataíde, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, José Tereso, presidente do Conselho de Administração da ARS Centro, Pedro Beja Afonso, presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira da Foz e Cristina Campos, presidente do grupo Novartis em Portugal.

De acordo com dados recentes do Instituto Nacional de Estatística, cerca de 80 por cento dos doentes com DPOC na Figueira da Foz não estão diagnosticados.

Neste sendido, a Administração Regional de Saúde do Centro, o Hospital Distrital da Figueira da Foz, o Município da Figueira da Foz e a Novartis, pretendem implementar um conjunto de iniciativas articuladas de forma a evitar a progressão da DPOC, sensibilizar a comunidade para a doença, promover a alteração de estilos de vida saudável, aumentar o diagnóstico e melhorar o tratamento dos doentes com DPOC.

Uma oportunidade de ouro
Editorial | Nuno Jacinto
Uma oportunidade de ouro

O ano que agora terminou foi sem dúvida atípico, fora do normal e certamente ficará para sempre na nossa memória individual e coletiva. Mas porque, apesar de tudo, há tradições que se mantêm, é chegada a hora de fazer um balanço de 2020 e perspetivar 2021.

Mais lidas