Luanda estende por mais uma semana campanha de vacinação contra poliomielite
DATA
17/08/2015 19:10:01
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Luanda estende por mais uma semana campanha de vacinação contra poliomielite

vacinabcg
As autoridades sanitárias angolanas decidiram prorrogar por mais uma semana a campanha de vacinação contra a poliomielite, prevista para terminar ontem, 16 de agosto, informou fonte ligada à atividade.

Segundo a chefe de vacinação na província de Luanda, Felismina Neto, na capital angolana a campanha vai terminar apenas na sexta-feira para uma maior cobertura.

A responsável avançou que nesses dias a campanha será reforçada em escolas, hospitais, creches, igrejas e mercados.

Felismina Neto, citada pela agência noticiosa angolana Angop explicou que a possibilidade de algumas mães se terem "distraído", levou à referida decisão.

Em Luanda, estava prevista a vacinação de mais de um milhão de crianças menores de cinco anos.

A campanha nacional, que teve início na sexta-feira passada, previa a imunização de perto de cinco milhões de crianças.

Angola vai avançar em novembro com o processo de certificação da erradicação da poliomielite do país, doença sobre a qual as autoridades nacionais não têm registo de qualquer caso há quatro anos.

Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.