Jornal Médico Grande Público

Bastonária dos farmacêuticos visita serviços farmacêuticos
DATA
16/05/2016 14:10:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Bastonária dos farmacêuticos visita serviços farmacêuticos

BastonariaFarmaceuticos

A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, visitou o concelho de Vila Franca de Xira para contacto com os cuidados de saúde locais, com particular atenção à actividade desenvolvida pelos farmacêuticos na Farmácia Hospitalar, nas Farmácias Comunitárias e nos Laboratórios de Análises Clínicas.

A iniciativa constitui a primeira etapa de um projecto que levará a dirigente, ao longo do seu mandato, a diversas regiões do país com o objectivo de traçar um quadro socioeconómico das actividades farmacêuticas, onde se destaquem e promovam as boas práticas e se procurem soluções para as dificuldades e insuficiências que persistem em ambientes de isolamento ou de crise.

Ana Paula Martins reuniu com a Administração do Hospital de Vila Franca e visitou de seguida os serviços farmacêuticos da unidade, inteirando-se das condições de trabalho dos especialistas de Farmácia Hospitalar, em especial no que respeita às garantias de segurança que o medicamento exige na sua prescrição, preparação e dispensa, quer no internamento, quer no ambulatório. O hospital, gerido em regime de parceria público-privada, serve uma população que se aproxima dos 250 mil cidadãos e conta no seu quadro com cerca de uma dezena de farmacêuticos.

A dirigente da Ordem dos Farmacêuticos destacou a importância de aos farmacêuticos hospitalares, especialidade que reúne cerca de oito centenas de farmacêuticos em todo o país, ser reconhecida uma carreira, à imagem do que há muito acontece com outros profissionais de saúde, como é o caso dos médicos, por força da autonomia técnica e deontológica e pelo elevado grau de especialização das funções e responsabilidade dos farmacêuticos hospitalares. A carreira farmacêutica é uma aspiração de décadas que tem sido adiada, sem justificação compreensível, por governos sucessivos, gerando perdas de motivação para os farmacêuticos hospitalares e condições de exercício preocupantes pela falta de formação estruturada e renovação de quadros, tanto mais que a criação da carreira respeita, em termos de despesa, o princípio da neutralidade orçamental.

A passagem de Ana Paula Martins por Vila Franca incluiu ainda a visita ao Laboratório de Análises Clínicas Dra. Elisabeth Barreto, em Benavente, e à Farmácia Moderna, no centro da cidade. A meio da tarde, a bastonária reuniu-se, nos Paços do Conselho, com o Presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita.

Relatório Primavera: verdades e consequências
Editorial
Rui Nogueira
Relatório Primavera: verdades e consequências

“Ó Costa aguenta lá o SNS” foi o pedido de António Arnaut em maio do ano passado, poucos dias antes de nos deixar. Mas o estado da saúde em Portugal está mal ou bem ou vai indo? Está melhor ou pior? O SNS dá as respostas úteis às necessidades de saúde da população? O Relatório de Primavera ajuda a fazer interpretações fundamentadas.

news events box

Mais lidas