Presidente do Instituto do Sangue pede demissão
DATA
22/09/2016 10:51:39
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Presidente do Instituto do Sangue pede demissão

Hélder Trindade

O Presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST), Hélder Trindade, pediu a demissão ao Ministro da Saúde alegando “razões pessoais”, noticiam hoje vários órgãos de comunicação social.

A demissão do especialista na área de Transplantação, que havia assumido o cargo em 2011, foi confirmada hoje à Agência Lusa pelo Ministério da Saúde, segundo o qual Hélder Trindade terá invocado "motivos pessoais".

O pedido de demissão ocorre poucos dias depois de a Direção-Geral da Saúde (DGS) ter divulgado uma norma de orientação clínica no sentido de permitir a dádiva de sangue por parte de homossexuais e bissexuais, embora condicionada a um período de abstinência de um ano.

Recorde-se que Hélder Trindade já tinha sido contestado pelo Bloco de Esquerda em 2015, por este ter afirmado que só admitia dadores homossexuais que fossem abstinentes.

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos, membro da Direção Nacional da APMGF
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: