Displaying items by tag: mortes

O número de mortes em 2021 aumentou 1,2% face ao ano anterior e o número de nascimentos baixou 5,9%, agravando o saldo natural negativo em Portugal, mostraram os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados.

Published in Atualidade

A COVID-19 foi considerada causa de morte de 12.004 pessoas em 2021, o que corresponde a 9,6% dos 125.032 óbitos registados no ano passado, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Published in Atualidade
Tagged under

Mais de 13 mil pessoas morreram, em 2019, em Portugal por doenças atribuíveis ao tabaco, das quais 1.771 por exposição ao fumo passivo, segundo o Relatório do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade
Tagged under

As mortes por tumores malignos da laringe e traqueia, brônquios e pulmão em Portugal aumentaram mais de 50% em 20 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Published in Atualidade
Tagged under
Mais de 1,2 milhões de mortes provocadas pelo novo coronavírus foram oficialmente registadas no mundo, de acordo com um levantamento feito hoje pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais às 07:45 de Lisboa.
Published in Atualidade

A Organização Mundial da Saúde afirmou sexta feira que não se pode esperar pelo aparecimento de uma vacina para conter a pandemia da Covid-19, admitindo que o número de mortos poderá duplicar durante o próximo ano e atingir dois milhões.

Published in Atualidade

Mais de um milhão de mortes provocadas pelo novo coronavírus foram registadas em todo o mundo desde sua deteção na China, de acordo com uma contagem da Agência France-Presse, a partir de fontes oficiais.

Published in Atualidade
Tagged under

Cerca de 20% das mortes por doenças cardiovasculares são causadas pelo tabaco, segundo um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) ontem divulgado, que aponta que, por ano, morrem cerca de 1.9 milhões pessoas por este motivo.

Published in Atualidade
Pág. 1 de 3
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.