Susana P Costa...Curso EURACT em Leiria
DATA
19/04/2012 11:26:24
AUTOR
Jornal Médico
Susana P Costa...Curso EURACT em Leiria

Foi nos dias 25 a 27 de Fevereiro que se deu esta verdadeira transformação alquímica almejada por todos num domínio ou noutro do conhecimento. Com efeito, realizou-se mais um Curso EURACT Leonardo de nível 1 - De Principiante a Competente - destinado a professores e orientadores de Medicina Geral e Familiar

 

Foi nos dias 25 a 27 de Fevereiro que se deu esta verdadeira transformação alquímica almejada por todos num domínio ou noutro do conhecimento. Com efeito, realizou-se mais um Curso EURACT Leonardo de nível 1 - De Principiante a Competente - destinado a professores e orientadores de Medicina Geral e Familiar (MGF), que reuniu cerca de 30 médicos de família (MF) nos mais diversos graus da sua carreira.

Entre internos do último ano e especialistas "de barba rija", do Minho ao Algarve, litoral e interior bem representados, este grupo português foi o primeiro da Europa a beneficiar da recente reformulação do curso, apresentada a um grupo internacional de professores e orientadores de MGF em Junho de 2011 na região de Izmir, Turquia.

Desenrolando-se na sede de Leiria da Ordem dos Médicos (OM), cujas fantásticas instalações serviram na perfeição os propósitos formativos, o curso organizou-se em seis módulos.

Através de metodologias de cariz muito interactivo e tão diversas como o trabalho em pequenos e muito pequenos grupos, o brainstorming, a dramatização ou a clássica exposição perante assembleia, foram abordados os temas básicos referentes ao processo formativo em MGF.

Uma variedade de temáticas, entre as quais as características do professor/orientador ideal, os métodos de ensino e estilos de aprendizagem, a utilização do roleplay e a preparação prévia à recepção de formandos, animaram a discussão e a partilha de experiências que, se bem que tenha começado um pouco tímida, rapidamente se desenvolveu, alargando-se não somente aos coffee-breaks, mas também aos almoços e jantares de um grupo que se revelou, além de muito coeso, extremamente interessado e interessante. O curso contou com o apoio de uma jovem equipa de facilitadores: Denise Alexandra (Leiria), orientadora de formação, coordenadora com mestria da organização do curso; Ana Barros (Leiria), presidente da delegação distrital de Leiria da OM, orientadora de formação; Carla Silva (Condeixa), orientadora de formação; Carla Gouveia (Loures), recém-especialista, orientadora de formação; Manuel Pereira (Setúbal), recém-especialista; e Susana Costa (Tavira), interna do último ano. O sucesso desta iniciativa (porque, unanimemente, foi mesmo um sucesso!) deveu-se, sem dúvida, ao empenho individual de cada participante na aquisição de competências relativamente às quais, não importa após quantos anos de experiência, todos sentimos necessidade de alcançar.

Os resultados foram notoriamente positivos e expressos na avaliação final, efectuada em plenário, com espírito de abertura e visando um aperfeiçoamento sempre maior deste momento formativo. Apontado pelos participantes como tendo decorrido em "ambiente muito informal, seguro e protegido", este curso, através da "partilha e do trabalho em equipa" - onde cada um manifestou ter-se sentido "bem, sem estar intimidado" - permitiu a "sistematização de ideias", mas também a "desdramatização de alguns medos" relativamente à formação em MGF... A tal ponto que "foram descobertas qualidades que desconhecia" que fomentaram a "vontade de agarrar no Interno e experimentar isto tudo"! Em suma, a opinião geral foi que "superou em muito as expectativas".

O momento da despedida foi imediatamente convertido num "Até já!" pelos participantes que, na sua maioria, manifestaram o desejo de poder aprofundar estas temáticas com as metodologias tão variadas quanto as utilizadas neste Curso. Assim, é com impaciência que aguardam a realização do Curso EURACT Leonardo de nível 2 - De Competente a Proficiente - e o Curso EURACT sobre Avaliação, este último apontado ainda para finais de 2012. A não perder... Com o objectivo de vir a criar uma rede de professores e orientadores de MGF com formação específica nesta área, o convite à replicação do curso pelos participantes (em ligação e com o apoio da equipa de facilitadores do EURACT) foi amplamente lançado à assembleia. Assim, e porque estavam representadas a quase totalidade das regiões do país, é possível que venha a tomar conhecimento de um Curso a efectuar em breve, perto de si... E porque não experimentar? Então, também eu digo "Até já!"

Susana Pereira Costa
UCSP Mar - Tavira

 

 

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas