De olhos postos no futuro dos cuidados respiratórios domiciliários em Portugal
DATA
02/03/2022 09:26:52
AUTOR
Jorge Correia
ETIQUETAS


De olhos postos no futuro dos cuidados respiratórios domiciliários em Portugal

A crise sanitária destes últimos dois anos colocou sob forte pressão o nosso sistema de saúde e pôs em evidência os desafios demográficos, epidemiológicos e económicos que enfrenta, mas os profissionais do setor foram inexcedíveis e têm revelado o seu melhor em prol dos doentes.

Também na VitalAire, Empresa do grupo Air Liquide, os doentes estão no centro de tudo o que fazemos. Com orgulho, fomos a primeira empresa do setor em Portugal a prestar serviços de cuidados respiratórios domiciliários (CRD), iniciando uma dedicação permanente aos doentes respiratórios crónicos e aos seus cuidadores.

Se pensarmos na abrangência e capilaridade dos nossos 35 anos de serviços, somos a única empresa do setor presente em 100% do território continental e ilhas, constituindo um importante “braço” do Sistema Nacional de Saúde (SNS). É nesse sentido que continuamos a levar os CRD - Oxigenoterapia, Ventilação Não Invasiva, Tratamento da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), Aerossolterapia - a todos os que deles necessitem, mediante a respetiva prescrição médica.

Desde a década de 80, temos sido constantes no esforço de adaptar os nossos serviços e consolidar as nossas competências para melhor responder às necessidades dos CRD do ponto de vista clínico, técnico e humano, enriquecendo as nossas equipas multidisciplinares com profissionais especializados, tais como, Cardiopneumologistas, Fisioterapeutas, Enfermeiros, entre outros.

Mais do que fornecer meramente produtos e dispositivos médicos, na VitalAire estamos absolutamente comprometidos em proporcionar um serviço personalizado de qualidade essencialmente centrado no doente, para que este possa melhorar os seus Resultados (outcomes), bem como aumentar a Qualidade de Vida. Por outro lado, continuarmos a ser uma reserva estratégica para o SNS, tratando o doente no domicílio, evitando custos de hospitalização naturalmente muito superiores.

Em suma, compreender e melhorar o que realmente interessa ao doente é o primeiro fundamento da abordagem Value-Based Healthcare da VitalAire que, de um modo quase imediato, traz benefícios acrescidos e reduz custos ao ecossistema de saúde no seu todo. A conquista do Prémio Cinco Estrelas 2022 na Categoria de Cuidados de Saúde ao Domicílio espelha o resultado deste esforço e a nossa dedicação à satisfação dos nossos doentes.

OS ESPAÇOS VITAL

Investindo na personalização, proximidade e no valor acrescentado para os nossos doentes e cuidadores, criámos em 2016 o primeiro de quatro EspaçoVital – um conceito inovador e complementar aos nossos serviços, que conta com um elevado nível de satisfação por parte dos nossos doentes. Nos EspaçoVital, a equipa de Profissionais de Saúde está disponível para apoiar o doente na terapia prescrita, investindo na sua formação e capacitação para melhor gerir a terapia. Estão abertos em dias úteis e localizados junto ao Hospital de referência do Porto, Viseu, Sta. Maria da Feira e Santarém.

A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Preservando sempre o acompanhamento presencial e personalizado enquanto pilar da nossa atuação, na Air Liquide e concretamente na VitalAire, continuamos a investir em ferramentas para acompanhamento dos nossos doentes – a começar pelos doentes com SAOS –, desenvolvendo canais digitais complementares de apoio ao doente, por um lado, e ao médico, por outro, disponibilizando informação relevante para a sua prática clínica. As novas ferramentas digitais denominadas kairin (que significa o cuidado e a proteção dos nossos doentes no momento certo), já estão em fase piloto e apresentam resultados promissores. Com kairin estamos a trabalhar num sistema único de Alertas gerido pela VitalAire; num Portal destinado ao médico prescritor; num sistema de videochamadas; e na nova kairin APP – uma aplicação inovadora e exclusiva VitalAire destinada a melhorar a adesão, a qualidade de vida e a experiência do doente com SAOS.

A PANDEMIA COVID-19

Ninguém estava preparado para enfrentar uma pandemia, isolamentos, confinamentos e a restrição dos serviços, em geral, e do acesso à saúde, em particular. Neste exigente contexto para todos, a VitalAire redobrou a sua missão de assegurar a continuidade dos serviços mantendo o doente estável e em casa, bem como a convicção da importância da solidariedade. Neste segundo ano de pandemia é já consensual que há um novo normal em que várias coisas mudaram. Mas para nós, mantém-se firme o princípio de que o doente deve estar no centro da nossa atividade; que o domicílio versus hospital pode ser um ativo que deve ser adequadamente reconhecido, atuando sobre os resultados e interesses dos doentes e contribuindo também para a sustentabilidade do ecossistema do setor.

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: