Displaying items by tag: APMGF

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) abriu 1.639 vagas para médicos recém-especialistas, das quais 432 para a área de Medicina Geral e Familiar (MGF). No entanto, existem várias regiões do país carenciadas de médicos de família, “nas quais se prevê um elevado número de aposentações”. Nuno Jacinto, presidente da APMGF, considera que o mapa de vagas divulgado não vai ao encontro das reais necessidades de cada local, sendo que “em diversos ACeS não foram abertas todas as vagas que foram solicitadas, algo que é incompreensível”.

Published in Atualidade
Tagged under

Face às di­ficuldades apresentadas pelos médicos de família na interpretação dos ecocardiogramas realizados em ambulatório, o diagnóstico desta patologia pode estar a ser atrasado assim como a instituição de terapêutica modi­ficadora de prognóstico, o Grupo de Estudos em Ecografia Point-of-Care (GEco) da APMGF apresenta no dia 2 de julho o curso Ecocardiografia Point-of-Care em Insuficiência Cardíaca.

Published in Atualidade

Recorrendo à apresentação e revisão de um caso clínico, Carlos Aguiar, assistente graduado de Cardiologia e coordenador da Unidade de Insuficiência Cardíaca Avançada do Hospital Santa Cruz, demonstrou qual a tradução das várias intervenções terapêuticas em termos de tempo de vida do doente livre de eventos cardiovasculares, sublinhando que “atingir os valores-alvo recomendados faz realmente a diferença”. Este simpósio Tecnimede, que decorreu a 31 de março, em Aveiro, no âmbito do 39.º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar, foi moderado por Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar.

Published in Terapêutica
Tagged under

Amanhã, dia 19 de maio, comemora-se o Dia Mundial do Médico de Família. Nesse sentido, a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) juntou-se à Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) e decidiu organizar um debate que decorrerá sob o mote “sempre próximo para cuidar”.

Published in Atualidade
Tagged under

Os médicos de família podem vir a ser penalizados quando acompanham mulheres que optam pela interrupção voluntária da gravidez, no seguimento da proposta do novo regime remuneratório das Unidades de Saúde Familiar modelo B. A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) lamenta este indicador e, embora perceba a necessidade de serem aferidas boas práticas em saúde na área do planeamento familiar a nível dos cuidados de saúde primários, considera que “este não é o caminho”.

Published in Atualidade
Tagged under

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) vai comemorar o Dia Mundial do Médico de Família, que se assinala a 19 de maio, com vídeos que retratem a realidade destes profissionais de saúde. Sob o mote “sempre próximo para cuidar”, lança o desafio aos médicos de família de realizarem um vídeo livre e ganharem uma inscrição dupla para o 40.º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar.

 

 

Published in Atualidade
Tagged under
sexta-feira, 22 abril 2022 16:34

Ciclo de webinars formativos organizado pela APMGF

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) aposta na formação dos MGF e internos da especialidade, através de webinars mensais, que envolvem discussão de casos. O ciclo de webinars será entre maio de 2022 e abril de 2023.

Published in Atualidade
Tagged under

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) e a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB) estimulam a investigação no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) com bolsas de apoio a novos projetos. O processo de candidatura já está aberto e termina a 3 de junho de 2022.

Published in Atualidade
Tagged under
Pág. 1 de 10
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.