A Ordem dos Médicos (OM) criou um fundo nacional de apoio à formação médica, com uma dotação inicial de cerca de 200 mil euros, para ajudar os clínicos a atualizar os seus conhecimentos.

Published in Atualidade

A Ordem dos Médicos (OM) propôs ao Ministério da Saúde acabar com os atestados médicos de curta duração, até três dias, considerando que a medida pode descongestionar urgências e centros de saúde.

Published in Atualidade

A Ordem dos Médicos (OM) defende que os doentes com pulseira amarela nas urgências tenham uma triagem clínica adicional quando houver atrasos nos serviços.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) denuncia que há uma “exploração ignóbil” e “ilegal” dos médicos internos em alguns grandes hospitais e avisa que a situação pode ter implicações disciplinares.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos classifica como “absolutamente escandalosos” os preços que a ADSE paga por alguns atos médicos, que muitas vezes não cobrem sequer as despesas do material usado em exames.

Published in Atualidade

O Conselho Nacional da Política do Medicamento da Ordem dos Médicos elaborou, a pedido de Miguel Guimarães, um parecer acerca do uso de canábis para fins medicinais. No documento, é reconhecida a forte evidência da sua eficácia em algumas situações clínicas específicas.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) avisa que os clínicos não ficam isentos de responsabilidade civil ou disciplinar quando estão a tratar doentes, apesar de terem obrigação deontológica de denunciar falta de condições ou meios adequados para o seu trabalho.

Published in Atualidade

A Ordem dos Médicos (OM) classifica como uma “vergonha nacional” a não abertura dos concursos para cerca de 700 recém-especialistas hospitalares e de saúde pública que já concluíram o internato em abril e em outubro do ano passado.

Published in Atualidade
Pág. 10 de 19
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas