sexta-feira, 02 novembro 2018 10:36

A fragilidade do envelhecimento

A fragilidade no idoso remete para uma esfera multidimensional, relacionada não só com o próprio doente envelhecido, como com fatores extrínsecos. Esta temática encontra-se em debate, dado vivermos na era do progressivo envelhecimento populacional. Ora vejamos, estima-se que a população idosa seja de 22% em 2020, perspetivando-se que em 2050 um quinto da população mundial corresponda a idosos.

Published in Opinião
quinta-feira, 29 setembro 2016 16:00

O processo diagnóstico dos médicos de família

Durante o nosso dia-a-dia, é frequente ouvirmos comentários depreciativos dos nossos utentes sobre diagnósticos e decisões clínicas tomadas por outros colegas (e vice-versa também se aplicará). Ou é porque “o médico não quis passar antibiótico e o meu filho andou uma semana com amigdalite!”, ou é porque “o médico disse que era alergia, que incompetência, pois afinal dois dias depois fui a outro médico e era conjuntivite!”. Na maioria das vezes, as críticas são infundadas por, perdoem--me a palavra, ignorância. E na maioria das vezes, não damos resposta. Mas se educação para a saúde dos nossos utentes faz parte das nossas competências nucleares, porque não esclarecê-los também sobre o complexo processo diagnóstico em Medicina Geral e Familiar (MGF)?

Additional Info

  • Imagem 314X277 Imagem 314X277
  • Imagem 720*435 Imagem 720*435
  • Serviço Médica interna de formação específica de MGF da USF Lagoa - ULS Matosinhos. Membro do Grupo de Investigação Senhora da Hora
Published in Opinião
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas