Displaying items by tag: Adalberto Campos Fernandes

O ministro da Saúde garantiu, hoje, que vai avançar com as obras da ala pediátrica do Hospital de São João, no Porto, até ao final da legislatura, afirmando que o “investimento está autorizado”.

Published in Atualidade

Cerca de 1.600 profissionais de saúde foram contratados até maio para responder à passagem às 35 horas semanais de trabalho e a maioria das 2.000 contratações adicionais já foi autorizada, disse o ministro da Saúde.

Published in Atualidade

Os profissionais de saúde que estejam a fazer 40 horas de trabalho semanais, a partir do início deste mês, terão de receber horas extraordinárias, disse hoje o ministro da Saúde, frisando que os hospitais são obrigados a cumprir a lei.

Published in Atualidade

O ministro da Saúde afirmou, hoje, que a contratação planeada de profissionais de saúde na sequência da aplicação das 35 horas semanais visa garantir o funcionamento dos serviços, assegurando que as entidades do setor reagirão rapidamente caso seja necessário.

Published in Atualidade

O Governo aprovou o regime jurídico dos centros académicos clínicos e dos projetos-piloto de hospitais universitários, que pretende valorizar o ensino e a investigação, reter “os melhores profissionais” e captar fundos.

Published in Atualidade

O ministro da Saúde defendeu, hoje, que o uso da canábis para outros fins sem ser terapêuticos é uma matéria que “carece de ponderação” e de avaliação de experiências em curso noutros países.

Published in Atualidade

O ministro da Saúde manifestou, hoje, “total abertura” para dialogar com todos os partidos, para encontrar “uma boa” Lei de Bases da Saúde para a próxima década.

Published in Atualidade

Pelo menos dois mil profissionais de saúde serão contratados a partir de julho, mês correspondente à primeira fase de contratações que visam compensar as necessidades da passagem de trabalhadores às 35 horas semanais, revelou hoje o ministro da Saúde.

Published in Atualidade
Pág. 4 de 30
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.