Displaying items by tag: CHSJ

O Governo autorizou a administração do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), no Porto, a lançar o concurso para a conceção e construção das novas instalações do Centro Pediátrico.

Published in Atualidade

A Unidade de Neurossonologia do Centro Hospitalar São João (CHSJ) foi distinguida como centro de referência europeu de Neurossonologia, tornando-se, assim, na primeira unidade certificada nesta área a nível nacional.

Published in Atualidade

A presidente do CDS-PP acusou o ministro das Finanças de não ter “nenhuma sensibilidade, nenhuma humanidade” para a saúde, defendendo que os centristas vão “esperar para ver” a concretização das obras no Centro Hospitalar de São João (CHSJ).

Published in Atualidade

O PSD/Porto exigiu ao Governo “uma data concreta” para o avanço da obra no hospital pediátrico do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), considerando que “existem silêncios que, a serem mantidos, podem ser demasiado ensurdecedores”.

Published in Atualidade
Tagged under

O ministro das Finanças escusou-se hoje a revelar quando será concretizado o investimento da ala pediátrica do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), garantindo apenas que “vai avançar”.

Published in Atualidade

O BE recomendou ao Governo que desbloqueie e disponibilize de imediato as verbas já protocoladas para a ala pediátrica do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), criticando “a obsessão pelo défice” em detrimento do investimento nos serviços públicos.

Published in Atualidade
Tagged under

Um ano após a assinatura do protocolo de cooperação entre o Centro Hospitalar de São João (CHSJ) e a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), a hepatite C foi eliminada do Estabelecimento Prisional do Porto.

Published in Atualidade
Tagged under
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.