Displaying items by tag: APLO

A associação entre estrabismo e doenças mentais em crianças e adolescentes, como ansiedade, esquizofrenia, doença bipolar e depressão, é de 1,23 até 2,70 vezes mais frequente do que em crianças sem estrabismo, conclui um estudo americano. Estes dados vêm levantar a questão da saúde oftalmológica no âmbito dos cuidados de saúde primários.

Published in Atualidade
Tagged under
quinta-feira, 06 dezembro 2018 17:55

Optometristas exigem regulamentação da profissão

A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) vai organizar uma manifestação junto do Ministério da Saúde já no próximo dia 12 de dezembro.

Published in Atualidade
segunda-feira, 26 novembro 2018 09:49

APLO denuncia pressão para excluir optometristas dos CSP

A Associação de Profissionais Licenciados em Optometria (APLO) mostrou-se indignada com as pressões que estão a ser conduzidas pela Sociedade Portuguesa de Oftalmologia, pelo Colégio da Especialidade da Ordem dos Médicos e pela Associação Portuguesa de Ortoptistas, em relação à possível introdução de optometristas no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Published in Atualidade
Tagged under
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.