Dor crónica: da teoria à prática clínica
DATA
16/05/2022 09:34:23
AUTOR
Jornal Médico
Dor crónica: da teoria à prática clínica

No 39.º Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), o simpósio promovido pela Grünenthal – “Dor Crónica: como colocar a teoria na minha prática clínica?” – foi moderado por Nuno Jacinto e contou com palestras de Raul Marques Pereira e Nuno Veríssimo Silvestre. Nesta sessão, estiveram em destaque dados recentes sobre a prevalência e o impacto da dor crónica nos Cuidados de Saúde Primários em Portugal. Entre a teoria e a prática clínica, os dois palestrantes falaram sobre a importância dos estudos de vida real na gestão da dor crónica, focando um estudo sobre os benefícios do tapentadol no tratamento da lombalgia crónica com dor intensa.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: