A sede do Infarmed vai ser deslocalizada de Lisboa para o Porto. A notícia, que tinha sido avançada pelo Jornal de Notícias, é agora confirmada pelo próprio ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

Published in Atualidade
segunda-feira, 11 setembro 2017 12:28

Infarmed: quota de genéricos atinge 47,8% em julho

Os medicamentos genéricos atingiram um recorde de utilização em 2017, passando de 47,1% em janeiro, para 47,8% em julho, de acordo com dados provisórios do Infarmed.

Published in Atualidade

A primeira reunião do próximo ano dos presidentes das Agências do Medicamento (Heads of Medicines Agencies) europeus vai ter lugar em Portugal.

Published in Atualidade

Os medicamentos genéricos alcançaram um recorde de utilização em julho deste ano, passando para 47,8% da quota de medicamentos vendidos, segundo dados divulgados pelo Infarmed.

Published in Atualidade

Foi concluído o primeiro projeto europeu no âmbito da fiscalização do mercado de dispositivos médicos (COEN JA2014), aprovado através do 3º Programa Quadro Europeu para a Saúde. Esta primeira ação conjunta e formal desenvolvida a nível europeu foi liderada pela Áustria e contou com a participação de 15 Estados Membro entre os quais Portugal.

Published in Atualidade

O Infarmed avançou que o consumo de antibióticos em Portugal decresceu nos primeiros quatro meses do ano, uma tendência que se verifica desde o ano passado.

Published in Atualidade

O primeiro-ministro decidiu candidatar Lisboa para acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA) por “ser fator de preferência a existência de Escola Europeia, que só Lisboa poderá vir a ter”, revela uma carta a que a agência Lusa teve acesso.

Published in Atualidade

O Infarmed anunciou que foram intercetadas mais de 460 mil unidades de medicamentos a circular ilegalmente em 2016, dos quais 11% foram destruídos por serem de risco elevado, falsificados ou suspeitos de falsificação.

Published in Atualidade
Pág. 10 de 19
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas